Trekking: principais cuidados que você deve ter

Trekking é, talvez, o primeiro contato de muitas pessoas com os esportes de aventura. É a porta de entrada para quem busca fugir da rotina estressante da cidade, se desconectar do universo virtual das redes sociais e ter um contato maior com a natureza.

As longas caminhadas em busca de paisagens energizantes e ar puro fazem do trekking uma atividade física que beneficia não apenas o corpo mas também a mente. É um excelente esporte para quem busca equilíbrio e lida com ansiedade, estresse e outros problemas emocionais.

Porém, engana-se quem pensa que basta colocar uma mochila nas costas e sair natureza adentro em busca de aventura a passos largos. O trekking, como todo e qualquer esporte de aventura, requer planejamento, estudo do local a ser percorrido e orientações de praticantes mais experientes.

Tudo isso fará com que o seu passeio seja mais prazeroso, tranquilo e, principalmente, seguro. Conheça a seguir os principais cuidados que você deve ter antes de começar a praticar o trekking!

Trekking: principais cuidados que você deve ter!

Homem sentado em local rochoso segurando uma mapa

Toda prática esportiva, seja indoor ou outdoor, requer cuidados e tem suas próprias particularidades. E com o trekking não é diferente. Não é apenas sair por aí caminhando sem planejamento e organização.

Antes de tudo, é necessário entender que, para aproveitar ao máximo a aventura e ficar com aquela sensação boa de “quero mais”, é preciso seguir algumas dicas e ter responsabilidade com si mesmo e com a natureza.

Dentre os principais cuidados necessários, estão:

1 – Não carregue excesso de peso

A mochila será a sua grande companheira de aventura. Por mais que o fabricante diga que ela tenha capacidade para 40 kg, pense bem se você vai conseguir carregar esse peso durante muitas horas. 

Portanto, leve só o essencial, pois, quanto mais leve a mochila, mais fácil será atingir seu objetivo.

2 – Escolha o calçado certo

A bota de trekking precisa ser uma extensão do pé. Não deve estar apertada ou desconfortável no pé. 

Antes da aventura, é importante deixá-la laceada, isso vai evitar dores e bolhas nos pés. Para quem tem pés sensíveis, é fundamental colocar esparadrapos nas extremidades e, claro, meias grossas, sempre.

3 – Não descuide da hidratação

O cantil ou garrafa com água é fundamental. Hidrate-se o máximo que puder e não espere ficar com sede. 

Lembre-se de que estará em atividade física constante e que sentir sede é sinal de desidratação. Por isso, para evitar problemas físicos, não espere seu corpo pedir por água.

4 – Atenção à alimentação

Carboidratos complexos, frutas, barras de proteínas e oleaginosas são os alimentos mais indicados para esse tipo de atividade, pois conseguem saciar a fome e fornecer a energia necessária para seguir a atividade com tranquilidade e sem excessos.

5 – Faça um checklist dos equipamentos básicos

Existem alguns equipamentos que são básicos e necessários durante a prática de qualquer esporte de aventura, e precisam estar na sua mochila. São eles:

  • Lanterna;
  • GPS;
  • Mapa;
  • Isqueiro;
  • Canivete;
  • Kit de primeiros socorros;
  • Bastão de caminhada.

6 – Proteja-se do sol e da chuva

Protetor solar é item básico no dia a dia de qualquer pessoa e, durante uma longa caminhada, ele é ainda mais necessário. 

Escolha um com alta proteção e que seja compatível com a sua pele. Repasse sempre a cada 3 horas, mesmo que não esteja ensolarado. 

Onde há sol, também pode ter chuva, logo, uma boa capa de chuva precisa constar na sua lista de equipamentos básicos e indispensáveis. Também é interessante levar uma capa de chuva para a sua mochila, caso contenha objetos, como celular, que não podem se molhar. 

7 – Esteja pronto para descansar

Ao contrário do hiking, em que as caminhadas são mais curtas e duram em média um dia, no trekking é comum pernoitar em meio à natureza. Por isso, sacos de dormir e isolante térmico precisam estar na sua lista. 

O saco de dormir, para dar um pouco de “conforto” e segurança, e o isolante térmico porque, durante a noite, em ambientes abertos e ao ar livre, a temperatura costuma cair bastante, mesmo em regiões mais quentes.

8 – Deixe avisado seu destino e localização

Avise amigos e familiares sobre o local onde você irá fazer sua caminhada. 

A maioria dos parques possui guias e cooperativas de moradores locais com telefone, e-mail ou mesmo redes sociais para que interessados em realizar trekking e outras atividades possam agendar a visita ou pedir informações. 

Deixe todos esses contatos com alguém de confiança. Isso pode fazer a diferença em casos de emergência.

A importância de fazer um preparo físico antes de se aventurar no trekking

Trekking não é apenas caminhar. É caminhar ao ar livre, sob condições climáticas variadas: sol, baixa ou alta umidade, chuva, frio, calor… E às vezes enfrentar mudanças bruscas no tempo.

Além disso, o praticante não irá caminhar em um asfalto liso e reto, mas sim em superfícies acidentadas, chão de terra batida, subidas e descidas, solos úmidos, entre várias outras situações que irão exigir certo condicionamento físico.

Uma dica para se preparar fisicamente para o trekking é fazer caminhadas ao ar livre pelo bairro, em parques ou à beira-mar. Comece com 30 minutos e vá ampliando as caminhadas. Isso vai ajudar o corpo a “destravar”, evitando possíveis lesões, dores ou mesmo cãibras durante o seu trekking.

Essa é uma ótima dica também para lacear a bota que vai ser usada durante o trekking. Além disso, ajuda a reconhecer os sinais do próprio corpo e seus limites.

Agora que você já sabe quais os cuidados deve ter para se preparar para praticar trekking com segurança e responsabilidade, que tal conhecer alguns destinos incríveis para a sua próxima aventura?

Confira 5 trilhas para hiking e trekking de tirar o fôlego e comece a se planejar!